2.10.18

(a) Riscar o Património com os Bonecos de Santo Aleixo, Évora

Dois desenhos dos bonecos que Mestre Talhinhas usou nas suas apresentações e que deixou nas mãos do Cendrev. Hoje, estão recolhidos, são uma peça museológica. Os actuais bonecos, aqueles que são usados, são uma réplica fiel e cuidada destes. Neste encontro entrámos no universo maravilhoso dos Bonecos de Santo Aleixo. Um Encontro inesquecível, dos mais fantásticos em que participei.
General e o pelotão
Adão, Eva, Deus, a Lua e outros amigos

6.8.18

Praia do Vau

Nem ao Simpósio do Porto consegui ir... tal o tempo (não atmosférico) tem estado ruim. No entanto a inauguração da exposição "Angola: Muxima, Desenho e Texto", em Portimão, com reproduções do livro do mesmo nome com desenhos (sketches) meus e textos de Luís Mascarenhas Gaivão, "obrigaram-me" (felizmente) a cortar a linha do tempo com momentos prazerozos.

13.7.18

Praia do Careano

De Verão há dias em que me levanto às 6 da manhã e vou para estas belas praias, repletas de rochas, que conheço desde sempre. Vou passear, desenhar, contemplar. A essa hora, ainda não há a multidão habitual, as gaivotas dominam o espaço. É bom sentir o fresco do dia ainda a espreguiçar-se.
Quando a multidão invade a praia, eu retiro-me.

2.7.18

Exposição Itinerante "Angola: Muxima, desenho e texto", Portimão

 15 dias a desenhar e a escrever in loco na cidade de Luanda deram origem ao livro "Angola: Muxima, desenho e texto" publicado pela Porto Editora e a uma exposição itinerante.

Depois do Porto, Carapinheira (Montemor-o-Velho), Vagos, Oeiras, Aveiro, Covilhã e cidade do Luxemburgo, a exposição itinerante "Angola: Muxima, desenho e texto" vai estar na Casa Manuel Teixeira Gomes em Portimão, do dia 6 a 31 de Julho. No dia 6 lá estarei com Luís Mascarenhas Gaivão.

25.6.18

Paço de São Miguel, Évora

Paço de São Miguel, Évora, pertença da Fundação Eugénio de Almeida. Ver sua interessante história do sítio da Fundação: aqui.

22.6.18

Jardim da Mitra, Évora

O som ambiente:

5.6.18

Museu Nacional dos Coches, Lisboa

Encontro Nacional de Urban Sketchers no Museu Nacional dos Coches, Lisboa.
 Brougham
 Carro de Escadas Magirus
 Viatura de Caça
Viatura de D José I

23.5.18

Júlio Pomar

Um apontamento rápido realizado durante um Encontro de Urban Sketchers em 2013, integrado no Festival Todos, em que visitámos o Atelier-Museu de Júlio Pomar. Foi um momento muito intenso. Desde meus tempos de estudante de Belas-Artes que Júlio Pomar é uma das minhas grandes referências nas Artes Plásticas.

16.5.18

Capela de S. Miguel, Évora

Capela de S. Miguel, Évora
Mais um desenho para o desafio dos Évora Sketchers "Igrejas Intramuros de Évora".
Ermida de São Miguel do Castelo, situada no Pátio de S. Miguel, terá sido dos primeiros edifícios religiosos de Évora. Edificada pelos cavaleiros da Ordem Militar de S. Bento de Calatrava no século XII sofrendo várias intervenções ao longo dos tempos.

26.4.18

Igreja do Salvador, Évora

O grupo de desenhadores de Évora, Évora Sketchers, lançou um desafio aos seus elementos que se traduz em desenhar todas as igrejas intramuros de Évora.

24.4.18

Clean lines are (not) so simple!

No dia 2 de Maio (18:30 - 21:00) irei orientar na Praça de Londres, Lisboa, um workshop "Clean lines are (not) so simple!" integrado no evento 10 x 10 Lisboa, a convite de Nelson Paciência.

Local de encontro: em frente da Igreja S. João de Deus

Este workshop terá a seguinte estrutura:
1. Linha – uso adequado de técnicas de representação;
2. Linha e Mancha – monocromia: introdução de sombra própria e sombra projectada num desenho linear;
3. Linha, mancha e cor - policromia: introdução da cor num desenho

Incrições em:
education@urbansketchers.org

13.4.18

Cacela Velha

Largo Ibn Darraj al-Qastalli, Cacela Velha.

9.4.18

Exposição "Angola: Muxima, desenho e texto"

http://luis-anca-desenhos.blogspot.pt/p/exposicao-itinerante-angola-muxima.html

O Centro Cultural Português – Camões no Luxemburgo tem a honra de convidar V. Exa para assistir à inauguração da exposição de painéis do livro “Angola: Muxima, desenho e texto” - dos autores Luís Mascarenhas Gaivão (texto) e Luís Ançã (desenho), com prefácio do escritor angolano Manuel Rui - que terá lugar nas suas instalações, 4, Place Joseph Thorn, no dia 12 de abril de 2018, pelas 18h30.
O Professor Doutor Luís Mascarenhas Gaivão (Doutor em Sociologia: Pós-colonialismos e Cidadania Global pela Universidade de Coimbra – Centro de Estudos Sociais, escritor, ex-Adido Cultural em Angola, Luxemburgo e Bruxelas) fará uma palestra intitulada “Diálogo intercultural na construção da angolanidade”, à qual se seguirá uma visita guiada da exposição.